Blog

Fique por dentro de conteúdos e artigos interessantes acessando nosso blog.

É comum que o câncer de mama metastize para os olhos?

Outubro já chegou, e com ele a campanha OUTUBRO ROSA para a conscientização e proteção contra os cânceres mais comuns que atingem as mulheres, principalmente o câncer de mama. E você sabia que 30% das mulheres que tiveram câncer metastático apresentaram metástase aos olhos?

MAS PRIMEIRO, O QUE SÃO METÁSTASES?

Bom, metástases são células cancerígenas ou pequenos tumores malignos que correm pela corrente sanguínea e podem ser provenientes de um outro tumor pré-existente. Normalmente os cânceres de mama, pulmão ou próstata é que dão metástases em outros órgãos, incluindo os olhos.

Assim, nos olhos, é mais comum a metástase ocorrer na coroide, por ser a parte mais vascularizada, mas nada impede de ocorrer em outras partes dos olhos, até na pálpebra. Normalmente não costuma alterar esteticamente, mas piora a visão do paciente. O exame ocular envolve a análise das pupilas e o oftalmologista normalmente pede um ultrassom ocular, para confirmar o diagnóstico e medir o tumor.

QUAIS SINTOMAS DEVEMOS FICAR ATENTOS?

Os sinais das metástase coroide são raros, é mais comum ter algum sintoma se a metástase estiver no olho ou nas pálpebras, por exemplo. Nos casos de melanoma ocular, que também pode ser proveniente de metástase, pode haver alteração no tamanho ou forma da pupila, além do surgimento de pontos mais escuros na íris. Assim, se a metástase estiver localizada atrás do olho (na órbita), o globo ocular poderá ficar visivelmente deslocado para fora ou para o lado. Se estiver dentro do olho, que é a mais comum, os pacientes com metástase podem apresentar sintomas de luzes piscantes, pontos flutuantes ou distorção da visão.

E O TRATAMENTO?

Se a paciente tiver histórico de câncer de mama, esse diagnóstico deve ser feito a partir de qualquer sintoma visual. Uma avaliação oftalmológica completa, auxiliada por ultrassonografia, tomografia computadorizada ou ressonância magnética, geralmente confirma o diagnóstico. Já o tratamento deve ser feito o mais rápido possível, e pode aliviar os sintomas e controlar a doença. Quanto mais cedo o diagnóstico, maior a probabilidade de êxito no tratamento e qualidade de vida da paciente, diminuindo o risco de sequelas.

Você conhece alguém que teve câncer de mama ou tem alguma outra dúvida sobre metástase ocular? Entre em contato com a gente e marque uma consulta! Nossos oftalmologistas estarão dispostos a te ajudar no que for possível.

IOSG | Há 40 anos trazendo mais detalhes em sua vida!

Fontes:
Merrill, C. F., Dimitrov, N. V. e Kaufman, D. I., “Breast cancer metastatic to the Eye is a common entity”.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *