Blog

Fique por dentro de conteúdos e artigos interessantes acessando nosso blog.

Retinoblastoma: a importância do diagnóstico precoce

Em um dia comum, sentada no chão brincando com o seu filho de 3 anos, uma mãe decide tirar fotos para enviar para a família. Mas algo parece estranho, ao ligar o flash da câmera, ela percebe um reflexo branco no olho da criança. O que pode ser?

O “reflexo do olho de gato”, como é comumente chamado, é um dos sinais do RETINOBLASTOMA. É um tipo de câncer nos olhos, mais especificamente nas células embrionárias da retina. A retina é a parte interna do olho, formada por tecido neurológico, sendo responsável por captar as imagens e as transmitir ao cérebro, tornando possível o sentido da visão.

É o tumor mais comum em crianças de até 5 anos de idade, e pode levar à cegueira ou até mesmo à morte. A boa notícia é que se diagnosticado de forma precoce, as chances de cura são altas!

MAS O QUE CAUSA RETINOBLASTOMA?

Os nossos genes funcionam como um livro de receitas, onde estão escritas todas as instruções sobre o funcionamento do nosso corpo. Existem genes supressores de tumor, ou seja, que dão as instruções necessárias para impedir a formação de um câncer. Um deles é o RB1, e no caso do Retinoblastoma, ocorre uma deleção desse gene, como se uma página fosse arrancada do livro. Essa condição pode causar também características dismórficas e atrasos no desenvolvimento do cérebro.

Existem 2 causas para a deleção do gene RB1:

1) Retinoblastoma Hereditário
Abrange de 30 a 40% dos casos. Ocorre a deleção do gene RB1 da célula embrionária, a que dá origem à todas as células do nosso corpo, tornando a pessoa propensa também a outros tipos de cânceres e aumenta a possibilidade do Retinoblastoma Bilateral (nos dois olhos). Na maioria dos casos, a deleção ocorre após a concepção, e 1 a cada 4 crianças herda o gene “defeituoso” de um dos pais.

2) Retinoblastoma Não-Hereditário
É a maioria dos casos (de 60 a 70%), onde a deleção ocorre apenas em uma célula da retina de um olho, passando para outras quando essa se multiplica. Porém, a deleção não está presente nas outras células do corpo.

A QUAIS SINAIS DEVO FICAR ATENTO?

– Reflexo branco na pupila (leucocoria), que geralmente aparece em fotografias com flash, chamado também de “reflexo do olho do gato”;
– Estrabismo (desvio dos olhos da direção correta, “olho vesgo”);
– Vermelhidão e dor no olho;
– Pupilas dilatadas;
– Mudança da cor dos olhos (heretocromia).

O DIAGNÓSTICO PRECOCE É ESSENCIAL

Não existem formas de se prevenir desse tipo de câncer, o mais importante é entender que: 90% dos pacientes tem CHANCE DE CURA quando a doença é detectada nos primeiros estágios!
Os sinais podem ser acompanhados durante as consultas ao pediatra pelo Teste do Olhinho, mas o diagnóstico deve sempre ser confirmado por um oftalmologista pelo Exame de Fundo de Olho, sendo a melhor opção para o diagnóstico precoce, uma vez que o Teste do Olhinho só útil para os estágios mais avançados da doença.

Seu filho já realizou algum desses testes? Conte com nossos oftalmologistas para cuidar dos olhos da sua família!

IOSG – Há 40 anos trazendo mais detalhes em sua vida!

Fonte:
– Dimaras H, Corson TW. Retinoblastoma, the visible CNS tumor: A review. J Neurosci Res. 2019;97(1):29-44. doi:10.1002/jnr.24213
– Rao R, Honavar SG. Retinoblastoma. Indian J Pediatr. 2017;84(12):937-944. doi:10.1007/s12098-017-2395-0
– TUCCA Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer.
– Centro Brasileiro de Cirurgia de Olhos.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *